ABONG

A Abong – Associação Brasileira de ONGs é uma associação nacional criada em 1991 com o objetivo de fortalecer as Organizações da Sociedade Civil (OSCs) brasileira que trabalham na defesa e promoção dos direitos e bens comuns. Trabalhamos em parceria com movimentos sociais e dialogamos com governos por um mundo ambientalmente justo, com igualdade de direitos e livre de todas as formas de discriminação. Entendemos que, na formulação e no monitoramento das políticas públicas, a participação de todos/as é fundamental.

 

O ELO integra a Abong há muitos anos e atualmente faz parte do seu conselho diretor, como representante titular da Abong Regional BA/SE (Gestão 2019/2021).

 

Colegiado Abong BA/SE

 

O colegiado Abong BA/SE é formado pelas 3 representações do Conselho Diretor, formado pelo ELO – Ligação e Organização, o ODARA – Instituto da Mulher Negra e o CDJBC – Centro de Assessoria e Serviço aos/às Trabalhadores/as da Terra Dom José Brandão de Castro e também pela CESE; o Gambá, o Vida Brasil e Cecup.

PLATAFORMA MROSC NACIONAL

A Plataforma por um Novo Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (Plataforma MROSC) é uma rede de articulação de organizações sem fins lucrativos e de interesse público, que tem por objetivo de aprimorar o ambiente social e legal de atuação das organizações.

 

Criada em 2010, a Plataforma MROSC obteve compromisso escrito dos dois candidatos à presidência que disputaram o segundo turno das eleições daquele ano, entre eles a Presidenta eleita Dilma Rousseff, para a melhoria do ambiente regulatório e criação de políticas de fomento para o setor.

 

Integrantes da Plataforma MROSC fizeram parte de Grupo de Trabalho paritário criado pelo Governo Federal, cujas ações subsidiaram diretamente a Lei 13.019/2014. Neste percurso, a Plataforma MROSC atuou nas diversas audiências públicas, discussões e contribuições para a construção da lei no Congresso Nacional.

 

A Lei n. 13.019/2014 uniformiza e simplifica as regras para as parcerias entre poder público e a sociedade civil, além de garantir maior transparência e segurança no repasse de recursos públicos para as organizações. A legislação aplica-se para União, Distrito Federal, Estados e Municípios e respeita a autonomia federativa de cada ente na regulamentação da lei de forma a adequá-la às especificidades de cada local desde que de acordo com a norma de abrangência nacional.

 

Nesse sentido, é muito importante que a Plataforma MROSC atue junto às organizações para garantir que não haja muita diferença na interpretação do que foi acordado no Congresso Nacional, tentando manter o espírito da lei que busca fortalecer as organizações da sociedade civil e suas relações de parceria com o Estado.

 

Atualmente, a Plataforma MROSC conta com mais de 300 organizações signatárias, cuja rede indireta alcança mais de 50 mil organizações e busca ampliar e enraizar a sua atuação, trazendo cada vez mais organizações para o debate sobre o ambiente regulatório e institucional das organizações da sociedade civil no Brasil, em nível federal, estadual e municipal, promovendo articulação e intercâmbio entre experiências e práticas existentes. A Plataforma conta hoje com uma estrutura de governança formada pelo Encontro das Signatárias, um Comitê Facilitador, uma Secretaria Executiva e uma Secretaria Operativa. Estas instâncias atuam de forma articulada, potencializando e apoiando a agenda de fortalecimento das OSCs e combate à criminalização burocrática, visando a criação de um ambiente mais favorável ao desenvolvimento dessas organizações.

PLATAFORMA MROSC BAHIA

A Plataforma MROSC BA é um espaço de articulação das Organizações da Sociedade Civil da Bahia visando o fortalecimento do diálogo entre Estado e Sociedade Civil. O Compromisso da Plataforma é o fortalecimento do diálogo entre Estado e Sociedade Civil, buscando dinamizar estas relações e ampliar a participação social no tocante à Agenda do MROSC, além de colaborar com o processo de democratização, com participação social e articulação coordenada das OSCs, sem prejuízo das ações relacionadas aos segmentos específicos de cada organização, em seu âmbito de atuação.

 

O ELO coordena a Comissão de Normas e Procedimentos da Plataforma MROSC BA e compõe a Coordenação Colegiada na atual gestão (2019-2021), cuja proposta é ampliar a capacidade de acompanhamento das ações acerca do Marco Regulatório das Organizações da sociedade Civil, em todo o Estado, contribuindo, nacionalmente, com a disseminação da experiência de construção coletiva da regulamentação na Bahia.

 

Estrutura da Plataforma MROSC BA

 

  • Comissão de Normas
  • Comissão de Articulação e Monitoramento
  • Comissão de Formação
  • Comissão de Comunicação

 

Reuniões periódicas bimensal: dia que antecede a reunião do CONFOCO/BA

 
Agenda em 2020:

 

  • 4 de Fevereiro*
  • 15 de Abril
  • 02 de Junho
  • 06 de agosto
  • 06 de Outubro
  • 02 de Dezembro

 

*das 10h às 16h a fim de garantir o Planejamento.

 

CONTATO: mroscba@gmail.com

CONFOCO - BAHIA

O Conselho de Fomento e Colaboração (CONFOCO-BA) um órgão colegiado de composição paritária, tem por finalidade atuar como instancia consultiva e propositiva na formulação, acompanhamento, monitoramento e avaliação de políticas pública se parcerias entre administração pública e as organizações da sociedade civil.

 

O ELO integra a gestão 2019/2021 do CONFOCO/BA, representando o Segmento Ação Social e integrando a comissão de Normas e Procedimentos.

 

Link: http://www.confoco.serin.ba.gov.br/

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support